segunda-feira, 10 de janeiro de 2011




Flores branca mais que perfumadas crescem
nos vãos desses ossos
que carregam esse corpo de poesia

(EU)

Nenhum comentário:

Postar um comentário